As histórias são um excelente recurso para trabalhar as emoções das crianças desde tenra idade. Não apenas os ensina a identificar mais rapidamente seus humores e sentimentos, como medo, raiva ou amor, mas os ajuda a gerenciar medos, desafios e fracassos com mais facilidade. Isso foi demonstrado por uma investigação realizada na Universidade Internacional de La Rioja, na qual as histórias infantis foram usadas como um recurso pedagógico para trabalhar o medo nas crianças.

No entanto, nem todas as histórias infantis são adequadas para ajudar a gerenciar as emoções. É importante que sejam histórias simples, adaptadas à idade de cada criança, nas quais emergem pelo menos uma ou mais emoções que despertam a sensibilidade e a empatia. Sabemos que encontrar essas histórias pode ser complicado, por isso oferecemos uma seleção cuidadosa de algumas histórias infantis com as quais você pode ajudar as crianças a controlar suas emoções.

Histórias infantis para ensinar as crianças a controlar suas emoções

1 Monstro triste, monstro feliz, de Ed Emberley e Anne Miranda

Monstros também têm sentimentos. É assim que esta história simples, mas profunda sobre as emoções nos mostra. Sem dúvida, é um excelente recurso para ensinar as crianças a reconhecer e explorar suas emoções desde tenra idade, o primeiro passo para o desenvolvimento posterior de sua inteligência emocional. Graças à sua engenhosa coleção de máscaras que representam diferentes estados de espírito, as crianças serão capazes de compreender os sentimentos e colocar-se no lugar de cada um dos monstros. Na verdade, este livro também é uma boa ferramenta para lidar com o medo de monstros na infância.

2. Ignite the night, de Ray Bradbury e Noemí Villamuza

Era uma vez um menino que tinha medo da noite. Assim que o sol se pôs, ele correu para acender velas, lanternas e qualquer luz que encontrou em seu caminho, porque não queria ficar no escuro. Um dia, ele conhece uma garota misteriosa que o ajuda a descobrir que a noite também tem sua própria luz. Com esta história sobre o medo do escuro os pequenos em casa aprenderão a lidar com esta emoção e descobrirão uma verdade que será muito valiosa para eles no futuro: a maioria dos medos e medos tem uma base irracional e quanto mais cedo eles souberem disso, mais cedo serão capazes de superá-los.

3. Emocional. Diga o que sente, de Cristina Núñez Pereira e Rafael Romero

Vendas

É um livro ideal para as crianças aprenderem a identificar e expressar suas emoções à medida que crescem e enfrentam as experiências da vida cotidiana. Mais de 40 estados de espírito descritos com grande simplicidade e com uma linguagem de fácil compreensão para que as crianças não percam nenhum detalhe. Sem dúvida, é um autêntico itinerário de emoções com o qual os mais pequenos de casa vão poder começar a descobrir o seu mundo interior, ter empatia pelas pessoas que os rodeiam e compreender melhor os outros. Uma excelente ferramenta educacional que será muito útil para eles aprenderem a administrar suas emoções.

4. Rain and Sugar Recipes, de Eva Manzano Plaza e Mónica Gutiérrez

Sales

Embora a princípio possa parecer uma espécie de dicionário de emoções, na realidade é um livro muito mais complexo que convida as crianças a descobrirem seus diferentes estados de espírito, quer estejam aprendendo a se conhecer, quer tenham entrado no complexo estágio da adolescência. Com toques de humor e um toque de poesia, o autor consegue condensar a verdadeira essência de cada uma das emoções, explicando-as de forma simples e com exemplos muito claros. Para cada emoção, existe uma receita, uma ferramenta muito valiosa que ensina as crianças a administrar cada um de seus estados de espírito.

5. A cauda do dragão. (A raiva), de Mireia Canals Botines e Sandra Aguilar

Vendas

Javier está com raiva porque sua mãe não quer comprar um brinquedo. Não é a primeira vez que ele fica com raiva, mas agora ele começou a criar uma cauda de dragão! Conforme sua raiva cresce, sua cauda fica maior e não há nada que ele possa fazer para detê-la. Sua raiva cresceu tanto que seu rabo ficou enorme e enquanto ele se movia, ele quebrava acidentalmente todos os brinquedos de seu quarto. Tanta raiva acumulada realmente valeu a pena? Um livro que trata da raiva e que enfoca os danos que a raiva pode causar tanto naqueles que a sentem quanto nas pessoas ao seu redor. Sem dúvida, uma excelente ferramenta para ajudar as crianças a compreender e controlar melhor sua raiva.

6. O monstro colorido, de Anna Llenas Serra

Vendas

Este é um valioso livro ilustrado que conta a história de um monstro que um dia ele acorda confuso e completamente atordoado porque não sabe o que há de errado com ele. Suas emoções bagunçaram você! As crianças poderão ajudá-lo a identificar seu humor por meio de cores? Uma história simples, escrita em uma linguagem fácil de entender e com um grande fundo didático que estimula o autoconhecimento das crianças e as ensina a reconhecer suas próprias emoções. Um excelente recurso também para trabalhar o medo das crianças de monstros, destruindo a crença de que são seres do mal.

7. Labyrinth of the Soul, de Anna Llenas Serra

Sales

Também da pena de Anna Llenas, é uma espécie de enciclopédia sobre as emoções. Através de suas páginas, as crianças serão capazes de empreender uma jornada interior para aprender a identificar e expressar suas emoções de uma forma muito mais simples. Graças às suas ilustrações originais e expressivas, este livro quase não precisa de palavras para revelar a verdadeira essência de cada estado emocional, por isso é uma excelente recomendação tanto para crianças que estão entrando no caótico mundo emocional da adolescência quanto para os mais pequenos. de casa que estão aprendendo a se conhecer

8. Meu medo e eu, de Francesca Sanna

Embora esta história reveladora sobre os medos mais profundos e a força interior não seja um livro de autoajuda, certamente pode ser transformado em uma ferramenta de desenvolvimento emocional muito valiosa para crianças. O livro conta a experiência de uma menina que deixa seu país e precisa se adaptar a um novo lar, aprender um idioma diferente e fazer novos amigos. Como você pode imaginar, não será fácil e você terá que enfrentar muitos obstáculos para se ajustar à sua nova vida. Uma excelente história que convida as crianças a refletir sobre o medo da mudança, ao mesmo tempo que lhes oferece algumas ferramentas para lidar com ela.

9. Gato vermelho, gato azul, de Jenni Desmond

Vendas

O gato vermelho quer ser tão inteligente quanto o Gato azul, enquanto o Gato azul quer ser tão ágil quanto o Gato vermelho. Mas de que cor é a felicidade tingida? Um livro sobre a importância de ser você mesmo, com o qual as crianças aprenderão a aceitar tanto seus defeitos como suas virtudes, da mesma forma que acolhem e respeitam as virtudes e defeitos dos outros. Com uma dose de humor e ilustrações altamente sugestivas, o autor aborda a questão da inveja para ensinar os membros mais jovens da família a se descobrirem e a se aceitarem como são.

10. Empolgados, por Cristina Núñez Pereira e Rafael Romero

Vendas

Da mão de Trapillo e seus amigos, as crianças mergulharão no fundo de suas emoções e, o mais importante, aprenderão estratégias para gerenciá-las . Este é um livro simples, mas com grande utilidade educacional pois ensina as crianças que estão começando a se conhecer a distinguir emoções como tristeza, decepção, medo e vergonha. Uma história em que poemas preciosos sobre emoções também são tecidos que convidam as crianças a descobrir novas sensações, como empolgação e gratidão.

Última atualização em 2020-12-31 / Links de afiliados / Imagens de API para Afiliados.