Todas as pessoas são únicas e irrepetíveis. Quanto mais cedo as crianças aprenderem esta lição, mais cedo começarão a aceitar-se como são. Aceitar as diferenças também os ajudará a não se comparar com os outros, aprender a ser mais autênticos e, consequentemente, mais felizes. Também os ajudará a aprender a respeitar os outros e aceitar a diversidade como uma parte natural de nossa existência. Nesse sentido, as histórias infantis podem se tornar uma excelente ferramenta para ajudar as crianças a compreender esse conceito de forma mais simples e clara.

Histórias infantis para que as crianças aprendam a aceitar a diversidade

1. Orelhas de borboleta, de Luisa Aguilar e André Neves

Vendas

Mara não é uma menina como as outras, ela tem orelhas grandes , é muito alta e se veste de maneira estranha. Essas características não passam despercebidas em seu ambiente, as demais crianças não perdem a oportunidade de destacá-las. No entanto, a autoestima de Mara é à prova de balas, porque ela sabe que é única. Esta é uma bela história sobre autoaceitação com a qual os pequeninos em casa aprenderão a amar a si mesmos como são e a ignorar as críticas dos outros. Uma história que também os ajudará a aprender a aceitar as diferenças e a ser mais tolerantes no dia a dia.

2. Um bug estranho, por Mon Daporta e Óscar Villán Seoane

Vendas

Malena, a protagonista desta história, ela é incapaz de nadar. Viver sendo uma menina gordinha não é fácil e se seus amigos te chamam de "baleia", é muito mais difícil. Uma história de complexos, aceitação e diferenças que se refere ao esforço e à vontade que é preciso para ser você mesmo e desenvolver a nossa vocação. Sem dúvida, esta é uma excelente história com a qual as crianças podem estimular sua autoconfiança e aprender a aceitar as diferenças como uma parte natural da vida.

4. Por quatro cantos de nada, por Jerome Ruillier e Elodie Bourgeois