Uma das coisas mais bonitas sobre a gravidez são os ultrassons, porque todos nós amamos ver como o nosso bebê está crescendo na barriga. Em cada visita ao médico, você pode realizar um diferente conforme as semanas progridem e tanto a mãe como o pai ficam emocionados com cada imagem. Existem pelo menos 6 tipos de ultra-sonografias e todos servem a diferentes propósitos.

O ultra-som é um teste não invasivo usado para descobrir informações valiosas sobre a evolução da gravidez e a saúde do seu bebê. Durante o teste, a máquina de ultra-som passa através de sua barriga um dispositivo que transmite ondas sonoras de alta freqüência para criar uma imagem do bebê, da placenta e do útero. E é assim que podemos ver no monitor pela primeira vez aquele ponto quase uniforme que é o nosso bebê durante as primeiras semanas de vida e que tanto nos excita, apesar de não ter ideia de que parte dele estamos vendo (o mais distinguível

Durante um ultrassom típico, as informações que você recebe são: o tamanho do bebê, o ritmo do seu batimento cardíaco, verificando se há mais de um bebê, confirmando a localização da placenta, calcular a quantidade de líquido amniótico presente no útero, excluir a presença de anormalidades físicas e determinar o sexo do bebê.

1 – Varredura Transvaginal

Este ultrassom invasivo desconfortável, porque o dispositivo de ultra-som insere o transdutor na vagina, é realizado durante as primeiras 10 semanas de gravidez para saber se o saco amniótico já está implantado e se a gravidez é viável ou não . Pode haver algum sangramento, mas é normal, embora os pais possam quebrar um pouco porque não estão acostumados a ver como colocam um dispositivo dentro de suas esposas. (Eu estava congelado quando o vi e ele apertou a mão da mãe do meu filho como se estivesse acontecendo comigo). Estamos mais sensíveis à dor física dos homens, para dizer o mínimo.)

2 – Ultra-som usual

Neste ultrassom típico que geralmente é feito no meio da gravidez (entre as semanas 16 e 20), o batimento cardíaco do bebê é verificado, o tamanho pode ser determinado e o sexo pode ser determinado. Outros testes também podem ser adicionados nesta visita, como um ultra-som ou o teste de translucidez do colo do feto.

3 – Ecocardiografia fetal

Este estudo é usado quando o médico acha que o bebê pode ter problemas cardíacos ou se ele detectar algo incomum na ultrassonografia habitual (18 a 24 semanas). É um estudo que pode ser feito através do abdômen ou da vagina e o que ele faz é detectar com mais precisão os batimentos cardíacos do bebê.

4 – 3-D Ultrasound

Este ultra-som utiliza um software especial para obter uma imagem mais completa do bebê e transmiti-lo a um computador para obter uma imagem tridimensional muito clara do bebê e suas características.

5 – Doppler Ultrassonografia

Usado quando o médico quer ver como o sangue flui através dos vasos sangüíneos e artérias do bebê. É usado quando várias patologias são detectadas e o obstetra deseja verificar o funcionamento do suprimento sangüíneo.

Ultrassom 6 – 4-D

Embora não ofereça as mesmas vantagens diagnósticas do ultrassom regular e do 3-D, fornece imagens muito realistas do bebê dentro do útero, permitindo que seus movimentos sejam vistos com maior clareza. [19659016]