Ao forçar seu bebê a aprender uma nova habilidade, você não permite que ele a assimile e torne esse aprendizado seu. Dê a ele confiança e tempo, e aproveite cada etapa com seu bebê, porque nenhuma será repetida…

Levante a mão quem nunca comparou o o desenvolvimento do seu bebê com a de outros da mesma idade. É normal, mas não perca de vista que cada aprendizado vem no seu tempo e que só o seu filho dita o ritmo. Todos os dias, corpo e mente se preparam para novas conquistas, por isso não é conveniente apressar o que você não amadureceu física e mentalmente. Descubra as consequências da estimulação precoce e errada.

1. Sentado sem apoio

Erro: Coloque-o com as costas completamente retas antes dos seis meses de idade

Impacto: Desconforto nas costas, pois o tônus ​​dos músculos da coluna ainda não é o ideal para resistir a essa postura. Perde a mobilidade porque não tem controle total do tronco e tende a se inclinar para o lado sem apoio

Dica: Ele será capaz de fazer isso sozinho entre seis e sete meses, quando ganhar o controle da cabeça, pode virar de bruços, apoiar os braços para levantar o peito e flexionar o tronco. Coloque-o de costas com brinquedos chamativos ao redor dele para que, quando ele tentar alcançá-los, fortaleça os músculos do pescoço e das costas.

2. Rastreamento

Erro:

-Promova-o antes dos oito meses
– Reprimir suas primeiras tentativas de se mover para trás, para os lados ou com o abdômen muito próximo ao chão

Impacto: Confusão porque ele não passa pelo período de drag, nem entende a abrangência do seu corpo de forma natural. Por outro lado, inibir o engatinhar pode influenciar na caminhada sem apoio até 14 meses ou mais.

Dica: Você estará pronto quando mover as pernas e os braços separadamente, bem como se inclinar para frente sem deixar o peito cair. Entre oito e 10 meses, deite-o, enrole uma toalha embaixo da barriga e segure-a pelas pontas para levantá-lo.

Recomendamos que você leia: Marcos de desenvolvimento de linguagem de 3 meses a 3 anos

3. Andar

Erro:
-Coloque-o de pé antes dos 10 meses
-Estimule-o com um andador

Impacto: Possíveis quedas porque você não consegue manter seu peso corporal ou ganhar equilíbrio antes de 9 a 10 meses. O andador afeta a postura natural que é exigida nesse aprendizado, pois a criança senta com o tronco para frente, as pernas para trás e muitas vezes na ponta dos pés.

Dica: Essa habilidade motora chegará entre 11 e 15 meses se ele conseguir sentar-se depois de engatinhar e vice-versa, ficar de pé com segurança segurando um móvel e manter o equilíbrio ao caminhar com apoio. Você saberá que está pronto quando fizer o gesto de pisar em algo várias vezes. Não aperte sua mão ou segure seus braços levantados enquanto ele pratica a caminhada; ele fará isso apenas entre 12 e 18 meses.

4. Jogue objetos

Erro: Peça para ele não fazer isso e repreenda-o

Impacto: Suprimir o aprendizado do conceito de causa e efeito e seu desejo de descobrir como o mundo funciona.

Dica: Entre nove e 12 meses, ele começará a jogar qualquer coisa em você para você pegar e dar a ele. Sua intenção não é desesperá-lo, mas verificar o que ele causa em seu ambiente. Brinquedos com botões e sons são muito úteis nesta fase. Não se esqueça de que ele começará a seguir ordens e imitar tarefas do ano, embora possa parar em resposta a um “não” a partir do sétimo mês.

5. Coma tudo

Erro:
-Dar mingau antes dos seis meses
-Incorporá-lo na dieta dos adultos antes de completar um ano de idade

Impacto: Alergias alimentares que são uma reação imunológica do corpo para se proteger contra substâncias que ele identifica como nocivas. Estes geralmente se apresentam com dor abdominal, congestão nasal, inchaço, vômito e dificuldade para engolir.

Dica: Antes do ano, o sistema digestivo não está pronto para processar alimentos como leite de vaca, ovos, chocolate, peixe, marisco, trigo, soja, nozes e amendoim. Recomenda-se que seu bebê beba leite de continuação até os três anos de idade. Caso suspeite que ele seja alérgico, consulte o pediatra para que ele receba o tratamento adequado.

6. Use talheres

Erro: Finja lidar com eles sem derramar comida antes dos dois anos de idade

Impacto: Desmotivação e frustração se for repreendido, o que pode influenciá-lo a rejeitar sólidos e pedir a garrafa.

Dica: Quando tiver um ano e meio preferirá comer sozinho, mas até os dois usará bem os talheres e beberá do copo sem derramar o conteúdo. Mesmo que se suje, deixe-o usar as mãos para se familiarizar com novos sabores e texturas; Além de lhe dar confiança, estimulará a coordenação olho-mão.

7. Treinamento do banheiro

Erro: Comece a treinar antes de um ano e meio

Impacto: Alguns estudos mostram que bebês que são orientados com antecedência a deixar a fralda, conseguem até três ou quatro anos. Por outro lado, quem começa por volta dos dois anos, pode fazê-lo antes dos três.

Dica: Não force, lembre-se que essa habilidade tende a chegar em meninas entre 10 meses e dois anos e três meses, e em meninos a partir de dois e antes de dois anos e meio.

Outros

Motor fino.

Ele será capaz de manipular pequenos objetos entre o dedo indicador e o polegar após 10 meses. Você aperfeiçoará essa habilidade ao exercitar sua coordenação olho-mão.

Primeiras palavras.

A silabificação está presente a partir de sete meses, mas ele dirá sua primeira palavra significativa por volta do ano e frases simples de duas palavras até o ano e meio.

pensamento simbólico.

Explique a morte até os cinco anos de idade; o valor do dinheiro entre quatro e cinco anos, quando ele está aprendendo os números básicos e lendo o relógio na primeira ou segunda série.

Dicas para não forçar seu filho a comer

4 erros ao tirar a fralda do seu bebê