A memória é uma capacidade essencial para o aprendizado, pois permite ativar o conhecimento anterior e consertar novos. Técnicas de ensino para memorizar as crianças irão ajudá-las a ter um melhor desempenho na escola e obter melhores resultados nos testes. A boa notícia é que, sendo uma habilidade, quanto mais você treina, mais você desenvolve.

Como melhorar a memória das crianças?

1. Ativar conhecimento prévio

Todo novo conhecimento que é imbricado com conhecimento prévio é mais fácil de entender e assimilar. Portanto, se seu filho estiver preso a algum conteúdo, o mais conveniente é ativar o conhecimento prévio que fornece as ferramentas necessárias para entender essas novas informações e, em seguida, memorizá-las. Quanto mais associações importantes você fizer, mais fácil será para você entender esse novo conceito ou idéia. Se você está tentando memorizar algum fato histórico, por exemplo, é conveniente ativar os fatos relacionados anteriores que você já conhece.

Dando significado à informação

De acordo com a aprendizagem significativa, tudo o que é relevante é mais fácil de entender e memorizar. Isto implica que, se o seu filho quer aprender alguma coisa, você precisa encontrar um senso pessoal, porque quanto mais você estiver interessado no assunto, maior a probabilidade de você se lembrar dele. Portanto, tente encontrar a parte prática do que você está aprendendo. Em algumas ocasiões, fazer a criança assistir a um documentário ou a um filme sobre o assunto pode ajudar a tornar essa informação mais relevante para ele, ou talvez visitar um museu ou uma galeria de arte.

Use dicas visuais

Cada criança aprende de forma diferente, mas as dicas visuais são muitas vezes uma excelente estratégia para ajudá-las a memorizar. Portanto, encoraje-o a usar os organizadores gráficos ou mesmo a desenhar o que ele precisa lembrar. Cartões de vocabulário e cartões de multiplicação podem se tornar ferramentas de aprendizado excelentes para a criança praticar e memorizar conteúdo facilmente e sem frustração.

4. Teach

Não há estratégia mais eficaz para entender e memorizar algo do que tentar explicá-lo a outra pessoa. Quando a criança tenta explicar algo, ele encontra novos relacionamentos e descobre detalhes que ele havia ignorado anteriormente. Além disso, cada vez que ele explica um conteúdo, essa informação é reforçada em sua memória

. Resumir a informação

Uma excelente estratégia para memorizar é processar a informação, de tal forma que os detalhes inconsequentes sejam eliminados. No entanto, é um trabalho mental que a criança deve realizar por conta própria. A chave é que, resumindo a informação, ela está ancorada na memória. De fato, é essencial que a criança resuma o conteúdo em suas próprias palavras, já que isso implica um processo interno de codificação.

Crie rimas e canções

Quando aprender é divertido, é mais memorável. Sabe-se que o humor, por exemplo, ativa o sistema de recompensa dopaminérgico do cérebro, que estimula a motivação intrínseca e catapulta a memória. Isso significa que um aprendizado divertido melhora a memória. Criar rimas e músicas é uma estratégia divertida, por exemplo, para memorizar o alfabeto, tabelas de multiplicação ou até mesmo a tabela periódica de elementos químicos. Isso também acontece porque nosso cérebro acha mais fácil lembrar padrões que se repetem.

Faça mapas mentais

Os mapas mentais são uma antiga técnica de aprendizado que não é apenas eficaz na escola primária, mas até mesmo na faculdade portanto é um presente excelente que você pode transformar seu filho em sua vida de estudante Um mapa mental é um diagrama usado para representar palavras, ideias ou outros conceitos relacionados entre si. Esses conceitos são organizados em torno de uma palavra-chave ou de uma ideia central. Portanto, encoraje-o a projetar seus próprios mapas mentais

.