Quando montamos o presépio, são muitos personagens e vários elementos que colocamos nele. No entanto, há uma que se destaca das demais: a estrela de Belém. Nada mais nada menos que a estrela que anunciou o nascimento do Menino Jesus e indicou o caminho para os Magos chegarem até ele e lhe oferecerem seus presentes. Mas, você conhece a história dessa estrela mágica e especial? Apresentamos-lhe uma história infantil através da qual poderá explicar às crianças a lenda desta estrela. Com certeza eles adoram!

A lenda da estrela de Belém

Quando o Menino Jesus nasceu na manjedoura de Belém, todos os pastores do lugar queriam enviar-lhe seus presentes. Alguns deles lhe trouxeram ovelhas, das quais puderam extrair a lã para fazer mantas e mantas com as quais o Menino Jesus, José e Maria puderam se proteger do frio. Outros traziam-lhes lenha, com a qual podiam acender o fogo e manter a manjedoura aquecida. Flores, para enfeitar o presépio e palha para que o Menino Jesus ficasse o mais confortável possível. E assim, cada um deles encontrou algo para oferecer.

Porém, havia uma menina que não parava de chorar nessa noite tão especial: Clara. Clara era uma menina muito doce e caridosa, de família muito pobre, que tinha muita vontade de ir ver o Menino Jesus. Ela também queria dar-lhe um presente especial, mas sendo tão pobre, não tinha nada para lhe oferecer: não tinham lenha, nem ovelhas, e nada para dar a esta criança tão especial. Por isso, e apesar de si mesma, Clara decidiu não ir vê-lo e sentou-se perto de um poço onde pudesse ficar sozinha.

Muito triste, Clara, encostou-se no poço enquanto continuava chorando, sem parar, muito arrasada e com muita dor no coração. Porém, algo maravilhoso aconteceu: de repente, Clara olhou para a água do poço e viu uma estrela muito brilhante em seu interior. Muito feliz, ela decidiu que este seria o seu presente para o Menino Jesus: uma estrela para iluminar a manjedoura e nunca mais ficar no escuro. Essa estrela que Clara viu no poço era na verdade o reflexo de uma estrela que iluminava o céu com muita intensidade.

Sem pensar duas vezes, Clara foi à procura de um balde para recolher a estrela e começou a caminhar numa direção muito clara: a manjedoura onde repousava o Menino Jesus. Ao longo do caminho, Clara não conseguia parar de olhar para o cubo, uma e outra vez: ele tinha que ter certeza de que a estrela ainda estava lá.

Quando chego à manjedoura, Clara oferece o balde ao Menino Jesus. Ele percebeu, porém, que a estrela havia desaparecido: o teto da manjedoura cobria o céu e o reflexo da estrela não era mais visível. Clara não pôde deixar de chorar novamente. O que você faria agora? Ele já estava lá e não tinha mais nada a oferecer a essa criança tão especial.

De repente, uma de suas lágrimas começou a brilhar com muita força e, pouco a pouco, se separou da bochecha de Clara. A lágrima se transformou em uma estrela e subiu até o topo. Aquela estrela brilhava com muito mais intensidade do que a refletida no poço. Clara, sem palavras, estava radiante. Sem o saber, dera o maior presente ao Menino Jesus: dera-lhe a estrela que guiaria os outros pastores até ao presépio e, sobretudo,… Aos Magos!

E foi assim que uma estrela, nascida do coração mais humilde, acabou sendo a mais importante do firmamento. E ainda é: não há presépio ou árvore de Natal completa sem esta estrela!

Atividades de compreensão de leitura sobre a lenda da estrela de Belém

Se você contou esta história para as crianças ou se leu para elas, há uma série de perguntas que você pode fazer para ver se elas entenderam tanto a história quanto a mensagem que está escondida nela:

  1. Como se chamava a pastora que nada tinha para dar ao Menino Jesus?
    Claro
  2. O que você viu no fundo do poço?
    Uma estrela muito, muito, brilhante.
  3. A que propósito Clara pensou que serviria ao Menino Jesus?
    Para iluminar sua manjedoura.
  4. Com que Clara apanhou a estrela do poço?
    Com um cubo.
  5. A estrela ainda estava no cubo quando Clara o deu ao Menino Jesus?
    Não.
  6. Por que não havia estrela no cubo?
    Porque o teto da manjedoura cobria o céu.
  7. O que aconteceu quando Clara começou a chorar?
    Que uma de suas lágrimas se tornou a maior e mais brilhante estrela do céu.
  8. Por que a estrela é importante?
    Porque conduz os outros pastores e os Reis Magos à manjedoura do Menino Jesus.

Com a história da Lenda da estrela de Belém, você pode fazer as crianças refletirem sobre o valor e a importância da humildade. O Menino Jesus nasceu em uma família muito humilde e acabou sendo uma grande referência para a humanidade. Assim, uma estrela nascida do coração mais nobre era a mais valiosa do céu.

A Lenda da Estrela de Belém: artesanato

Agora que já contaste esta lenda aos mais novos da família, porque não terminar com um grande artesanato? Você pode fazer a estrela de Belém em casa e decorar sua manjedoura com ela. Você também monta a árvore de Natal? Bem, você já tem duas estrelas a ver com as crianças.

As histórias são os recursos educacionais mais valiosos, porque transmitem muitos valores e estimulam a criatividade das crianças, pois as levam a mundos muito distantes onde podem dar asas à sua imaginação. São perfeitos para explicar às crianças aqueles valores que consideramos essenciais para a sua educação, mas que não são fáceis de compreender. Além disso, podemos adaptá-los à idade de cada criança, fazer artesanatos relacionados a eles e muito, muito mais.