Quando você é pai ou mãe, sabe que não é fácil. É uma fase da vida muito exigente e também, quando se juntam as responsabilidades quotidianas em casa, com a família, amigos ou trabalho, tudo se torna complicado. É uma demanda muito grande que no final acaba cansando para qualquer pai… você tenta ser perfeito quando, na realidade, a perfeição não existe.

Quase 70% dos pais e mães se sentem exaustos

Segundo uma pesquisa realizada pela Lingokids, nada menos que 67% dos pais se sentem exaustos de tentar ser o melhor pai ou mãe. Para este estudo, foram pesquisadas 600 famílias com crianças entre 2 e 8 anos de idade. Os pais se sentem pressionados a ser.

Segundo diferentes estudos, os pais sentem-se muito pressionados pelas redes sociais, pela falta de conciliação entre a vida profissional e pessoal e também, por tente ser perfeito o tempo todo.

A armadilha das redes sociais

A mídia social pode afetar a confiança dos pais e sua autoestima, quando se comparam e acham que outras famílias parecem mais felizes do que elas. Isso gera insegurança e culpa ao sentir que Eles não estão à altura dos padrões estabelecidos pela sociedade.

Quando você olha para as redes sociais, você vê fotos perfeitas de viagens maravilhosas ou famílias sorridentes… mas a realidade não é o que se mostra numa tela: é muito diferente. Não existem pais perfeitos, nem lares com total harmonia o tempo todo… mesmo que assim pareça nas redes sociais.

Se como pai ou mãe você presta muita atenção nas redes sociais você vai sentir muito estresse isso será agravado pelo trabalho e todas as demandas que você tem no seu dia a dia. É uma pressão autoimposta que deve acabar para que não afete o clima familiar e muito menos a relação com os filhos.

conciliação trabalho familiar

Outro aspecto a ter em conta é a dificuldade em conciliar o trabalho com as crianças. Pais que trabalham encontram muito difícil conciliar trabalho e família. Quem não tem parentes próximos ou dinheiro suficiente para pagar babás acaba até desistindo do emprego pela impossibilidade de juntá-los… Algo que faz com que o estresse aumente devido aos problemas econômicos.

Há muitos pais que sentem culpa e frustração por tentarem ser bons pais e ao mesmo tempo tentarem ser socialmente produtivos e se sentirem satisfeitos com suas tarefas diárias. Se cuidam de suas responsabilidades de trabalho, negligenciam a família e vice-versa, algo que gera muita polêmica interna.

Não posso fazer mais

A realidade é que você não pode fazer mais do que já está fazendo. Você tenta ser o melhor pai ou a melhor mãe para seus filhos e isso é o suficiente. Chega porque seus filhos não precisam que você seja perfeito, eles precisam de um tempo de qualidade ao seu lado e que quando eles estão com você você transmita a eles todo o seu amor incondicional… algo que só pode ser alcançado se o estresse diário for reduzido e eles aprenda a aproveitar o momento presente.

É essencial começar controlar sentimentos negativos para reduzir a exaustão, falta de descanso noturno, irritabilidade, ansiedade ou fadiga mental. Atividades para fazer fora de casa, fazer planos nos finais de semana, encontrar tempo para descansar com a família, brincadeiras lúdicas com os filhos, ler, praticar esportes, ouvir música, assistir a um filme em família ou sozinho, fazer exercícios, manter um bom alimentação… são essenciais para se sentir melhor em família… porque nem tudo tem que ser limpar, trabalhar e ajudar os filhos nos deveres de casa.