exercícios para mulheres grávidas "title =" exercícios para mulheres grávidas "src =" dados: image / gif; base64, R0lGODlhAQABAIAAAAAAAP /// yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 "data-src =" https://hips.hearstapps.com/hmg-prod. s3.amazonaws.com/images/pregnant-hispanic-woman-practicing-yoga-on-beach-royalty-free-image-543197435-1554387228.jpg?resize=480:* "data-sizes =" auto "data-srcset = "https://hips.hearstapps.com/hmg-prod.s3.amazonaws.com/images/pregnant-hispanic-woman-practicing-yoga-on-beach-royalty-free-image-543197435-1554387228.jpg? redimensionar = 640: * 640w, https: //hips.hearstapps.com/hmg-prod.s3.amazonaws.com/images/pregnant-hispanic-woman-practicing-yoga-on-beach-royalty-free-image-543197435 -1554387228.jpg? Resize = 768: * 768w, https: //hips.hearstapps.com/hmg-prod.s3.amazonaws.com/images/pregnant-hispanic-woman-practicing-yoga-on-beach-royalty- free-image-543197435-1554387228.jpg? resize = 980: * 980w "/> 

<p>
			<span class= Peathegee Inc. Getty Images

Mantenha-se em forma e tenha hábitos de vida saudáveis ​​d Ao urinar a gravidez, é importante tanto para o próprio bem-estar quanto para o bebê. Nesse sentido, praticar exercícios de baixo impacto durante esse estágio ajuda a melhorar o descanso e o humor, além de aliviar sintomas como dor nas costas ou estresse. Mas também, continue praticando após o parto, ajudará a uma melhor recuperação pós-parto.

Intimina, uma empresa dedicada ao cuidado da saúde íntima das mulheres, recomenda o seguinte para realizar tanto na gravidez e após o parto.

1.Nadar: tonifica e melhora a circulação

      O apoio a um peso crescente pode causar problemas posturais, que, por sua vez, causam dor lombar à medida que o bebê cresce.

      ] Uma boa opção neste caso é nadar. Ao contrário de atividades de grande impacto, este exercício não danifica as articulações, além disso, apresenta outras vantagens, como tonificar os músculos e melhorar a circulação.

      2. Yoga: aumenta o equilíbrio e a força

      A ansiedade diante da maternidade iminente e as mudanças óbvias que o organismo sofre podem causar estresse. Fazer qualquer tipo de exercício irá ajudá-lo a levar melhor essas preocupações inevitáveis ​​e yoga é uma escolha ideal durante a gravidez.

      Existem vários tipos de yoga pré-natal que são um bom método para melhorar o equilíbrio, circulação e força, desde que é um exercício ideal de baixo impacto para adquirir tonicidade em certos músculos. Praticando yoga pode ter um efeito relaxante, graças ao fato de que você trabalha com sua respiração e se sintoniza com o corpo.

      3. Andar a pé: benéfico para a frequência cardíaca

      Ao contrário de outros tipos de exercícios, a caminhada pode ser praticada em todo o lado. É uma excelente opção que melhora a frequência cardíaca e fortalece os músculos abdominais. Adotar uma boa postura é essencial no desempenho de qualquer tipo de exercício durante a gravidez; portanto, é essencial estar bem antes e depois de andar para manter os músculos tonificados e flexíveis.

      Aeróbica aquática: reduz os riscos de lesões

      Assim como a natação, os exercícios aeróbicos na água são uma boa opção para tonificar os músculos. Ao contrário da aeróbica convencional que pode sobrecarregar os ligamentos e articulações, quando flutuando na água, o corpo permanece em suspensão, minimizando os riscos de lesões.

      Como na aeróbica convencional, um série de movimentos dentro da água ao ritmo da música. Movendo-se contra a resistência oferecida pela água é uma ótima maneira de melhorar fisicamente, enquanto flutuante, permite alongamento que muitas mulheres grávidas não podem realizar fora da piscina.

      Exercícios para o assoalho pélvico: maior controle muscular

      Os exercícios de Kegel servem para fortalecer os músculos do assoalho pélvico que sustentam o útero, a uretra, os intestinos e o ânus. Estes órgãos podem sofrer danos durante a gravidez e parto e levar à incontinência. Ao melhorar a circulação, eles também ajudam a prevenir as hemorróidas e dão às mulheres mais controle de seus músculos durante o trabalho de parto.

      Como elas são praticadas? Esta rotina consiste em contrair os músculos do assoalho pélvico para cima e para dentro por alguns segundos para fortalecer e tonificar os músculos pélvicos. Desta forma, será possível aumentar o fluxo sanguíneo do períneo e da vagina, ajudando a reduzir a inflamação da área e possíveis contusões.

      Você pode praticar essa rotina com alguns exercícios, para obter o máximo benefício, aproximadamente seis semanas após o parto. O Intimina Kegel Smart é uma boa opção para começar. É um dispositivo inovador que possui um programa guiado de exercícios por vibração que indica quando contrair e relaxar os músculos. A rotina, de apenas 5 minutos, é muito fácil de seguir e o aparelho seleciona automaticamente o nível, dependendo das condições fisiológicas de cada mulher.

      Outra alternativa é a Rotina Laselle Kegel da mesma marca. Tem três esferas de diferentes pesos (28 gr, 38 gr e 48 gr) que fornecem a quantidade certa de resistência para melhorar a força do assoalho pélvico e garantir que a técnica correta está sendo realizada.

       Bolas chinesas Kegel Intimina "título = "Bolas chinesas Kegel Intimina" class = "lazyimage lazyload" data-src = "https://hips.hearstapps.com/hmg-prod.s3.amazonaws.com/images/bolas-chinas-kegel-intimin-1554386914. jpg? crop = 1xw: 1xh; centro, superior e redimensionar = 480: * "/> </picture> </div>
</div>
<div class=

      Intimina

      COMPRAR