A jornada de trabalho costuma deixar um único espaço disponível para a prática de esportes entre muitos espanhóis, que costumam realizar esse tipo de atividade física antes de ir jantar . Depois de queimadas as calorias, o que muitos se perguntam é qual é o jantar mais adequado para que a atividade seja realmente eficaz para o corpo.

Obviamente, as quantidades a serem consumidas dependerão sempre do tipo de treino realizado, da sua duração e intensidade, bem como dos objectivos de cada pessoa e do estado físico em que se encontra. No entanto, de modo geral, existem algumas premissas a serem levadas em consideração para todos ao decidir que tipo de comida cozinhar e tornar o jantar leve e nutritivo ao mesmo tempo.

Pós-refeição treinamento

É importante que a refeição pós-treino, neste caso o jantar, seja feita em até duas horas após a realização da atividade física, pois isso auxilia na regeneração muscular e na recarga do glicogênio no músculo. Este jantar deve ser leve, sim, mas também deve fornecer os nutrientes necessários para a regeneração adequada do corpo.

Dois elementos essenciais: proteínas e carboidratos

Existem dois elementos que não podem faltar durante o jantar quando você volta da academia:

  • Proteínas: não vale a pena coma apenas fruta ou salada, pois após a prática de atividade física o corpo necessita de proteínas para se recuperar. Como adicionar proteína ao jantar de forma saudável? Bem, é simples: nozes, tofu, legumes ou soja são ricos em proteínas . Bem, você não deve comer um bife ou um peixe, se não tiver vontade. Você também pode escolher opções mais leves e ricas em proteínas.
  • Carboidratos: Os carboidratos não devem ser evitados após o esporte; seu consumo deve ser simplesmente moderado, mas são necessários para a recuperação muscular. Em um jantar saudável e leve a necessidade de carboidratos pode ser satisfeita com cereais, legumes ou tubérculos.

20 ideias para jantares leves para atletas

Damos-lhe ideias práticas para jantares fáceis de preparar, leves e nutritivos, concebidos para fornecer ao corpo todos os nutrientes de que necessita após a prática desportiva:

  1. Creme vegetal Acompanha torradas com homus.
  2. Smoothie de frutas (por exemplo, banana e maçã) com dois iogurtes de soja e uma colher de sopa de manteiga de amendoim.
  3. Wok de vegetais, com macarrão de arroz e servido com cogumelos e tofu.
  4. Brócolis cozido no vapor com grão de bico cozido temperado com azeite e um toque de curry.
  5. Uma salada de frutas secas acompanhada por um smoothie de banana.
  6. Espaguete de soja com legumes cozidos no vapor e um acompanhamento de queijo fresco.
  7. Salmão grelhado marinado com óleo de alecrim e acompanhado de batata-doce
  8. Salada de quinua com ovo cozido e batido de aveia.
  9. As lentilhas passaram pela paella com legumes da estação e arroz
  10. Legumes salteados com nozes e duas porções de frutas.
  11. Fajitas de feijão com tomate e salada de abacate.
  12. Salada de repolho e batata assada com óleo de alecrim.
  13. Peru grelhado com salada de cenoura ralada e tomate cereja.
  14. Grelhado de vegetais: abobrinha, berinjela, batata, cenoura e aspargos; e iogurte natural para a sobremesa.
  15. Omelete francesa com arroz integral com abacate.
  16. Abobrinha recheada com quinua com queijo fresco.
  17. Salada de espinafre com pinhões, marmelo e ameixas e maçã para a sobremesa. [19659012] Peito de frango grelhado temperado com especiarias, acompanhado de cenouras infantis no vapor.
  18. Ovos mexidos com aspargos e cogumelos com torrada de trigo integral.
  19. Salada de frutas da estação e omelete de abobrinha.

Por último, é importante anotar um erro que nunca deve ser cometido que é compensar um jantar leve com um doce pensando que praticando esportes já o "queimou". É falso e calorias indesejadas são ganhas.

(Você está interessado em: jantares leves que ajudam a perder peso)