A amarelinha é um dos jogos infantis tradicionais mais populares na Espanha e em grande parte da América Latina. Também conhecido como Cascayu nas Astúrias, Mariola na Galiza ou Sambori na Comunidade Valenciana, o jogo tem mil nomes, mas sua essência permaneceu praticamente inalterada ao longo do tempo. Na verdade, é um jogo muito comum nos playgrounds das escolas, mas também pode ser uma excelente alternativa para toda a família brincar e se divertir.

Como surgiu o jogo da amarelinha?

A origem O jogo da amarelinha não é conhecido com certeza, mas acredita-se que tenha se desenvolvido na Europa do Renascimento por volta do século XVI. Segundo essa teoria, o jogo seria baseado no livro "A Divina Comédia" de Dante Alighieri, especificamente no episódio em que o personagem deixa o Purgatório e tem que cruzar nove mundos para chegar ao Paraíso. Assim, o jogador representa o personagem, a pedra sua alma e os diferentes quadrados, os nove mundos.

No início, cada jogador agia como um token e tinha que pular para a perna manca de quadrado em quadrado para empurrar o pedra que representava sua alma. Partindo da Terra, o objetivo do jogo era chegar ao Céu, tomando cuidado para não cair no Inferno durante a viagem. Em nenhum caso a pedra deve tocar uma linha, pois entre o Céu e a Terra não há fronteiras ou separações visíveis.

No entanto, ao longo dos anos, o jogo perdeu esta conotação espiritual e quase religiosa. tornar-se um jogo infantil comum cujo objetivo principal é caminhar mancando, testando as habilidades físicas e psicológicas dos mais pequenos em casa.

Os benefícios do jogo de amarelinha para crianças

amarelinha é um excelente jogo para estimular o desenvolvimento motor em crianças pois melhora o equilíbrio e a coordenação desde tenra idade. Além disso, é um bom exercício para treinar a coordenação viso-motora, ao mesmo tempo que aumenta a agilidade, a capacidade de reação e a atividade aeróbia em crianças. Também ajuda a fortalecer os músculos das pernas e a relaxar as tensões.

Recomendado a partir dos 4 anos de idade, este jogo também oferece muitas vantagens para o desenvolvimento cognitivo e aprendizagem de os mais pequenos. Não apenas ajuda as crianças mais novas a se familiarizarem com os números, mas também é um bom exercício de memória para quem já é proficiente em matemática básica. Também estimula a atenção e a concentração ao mesmo tempo que desenvolve a resolução de problemas e promove o pensamento lógico.

Além disso, é um excelente jogo para estimular a paciência em crianças e ensine-os a esperar a sua vez, da mesma forma que treina a sua tolerância à frustração desde cedo e de forma divertida. É também uma forma ideal de estimular a interação social, encorajando-os a fazer novos amigos ou fortalecendo o relacionamento com aqueles que já têm, enquanto lhes ensina algumas regras básicas nas relações sociais. [19659010] amarelinha "width =" 700 "height =" 421 "srcset =" https://www.etapainfantil.com/wp-content/uploads/2020/12/rayuela-800×481.jpg 800w, https: //www.etapainfantil .com / wp-content / uploads / 2020/12 / hopscotch-332×200.jpg 332w, https://www.etapainfantil.com/wp-content/uploads/2020/12/rayuela.jpg 1200w "tamanhos =" (máx. -width: 700px) 100vw, 700px "/>

Tome uma atitude! Como você joga amarelinha?

Jogar amarelinha é muito fácil. Para começar, você só precisa de uma pedra lisa e com a ajuda de giz, desenhe o diagrama da amarelinha no chão. Na versão mais comum do jogo, o diagrama é feito de pequenos retângulos ou quadrados com os números de 1 a 10. Desta forma, começa a desenhe a caixa número 1, então duas caixas com os números 2 e 3 são pintadas no topo, outra com o número 4, depois outras duas com os números 5 e 6, outra com o número 7, seguidas de outras duas com os números 8 e 9 e, finalmente, uma caixa com o número 10. Porém, existem outras versões que vão até o número 9 ou com uma caixa final em forma de semicírculo.

Independentemente da versão do jogo, o o jogador deve ficar atrás do primeiro número e lançar a pedra com a mão. Na versão mais popular, a pedra deve pousar no quadrado com o número 1, que se chama "casa" e não pode ser pisada. Assim, o jogador começa a percorrer o circuito saltando com uma perna nos quadrados simples e com os dois pés nos quadrados duplos. Ao chegar ao final, ele deve fazer uma volta de 180º no último quadrado e retornar ao quadrado inicial para pegar a pedra.

De volta ao início, o jogador pega a pedra do quadrado imediatamente anterior e continua para o quadrado de saída. Uma vez no primeiro quadrado, ele atira a pedra novamente, desta vez no quadrado número 2, e desce o caminho de volta, e assim por diante. O objetivo é completar toda a série, movendo a pedra de quadrado em quadrado a cada volta até atingir 10. O jogo é ganho pelo primeiro jogador que completar todas as rodadas seguindo as regras do jogo.

As regras do jogo da amarelinha

As regras do jogo da amarelinha são bastante simples, mas muito rígidas. O jogador que quebrar algumas das regras deve dar sua vez ao próximo jogador. Por este motivo, é aconselhável estar muito atento a todas as regras do jogo para evitar pular qualquer uma delas e tornar-se rapidamente o vencedor da partida.

  • Ao lançar a pedra, ela deve estar dentro do quadrado correspondente e não deve tocar nas linhas. Caso contrário, a vez é passada para o próximo jogador.
  • Ao saltar sobre as casas, nunca toque nas linhas divisórias. Se isso acontecer, o jogador perde a sua vez.
  • Ambos os pés podem ser colocados em quadrados duplos, um em cada quadrado, mas por outro lado, apenas um pé pode ser colocado em quadrados simples. O jogador que infringir esta regra perde a sua vez.
  • Na casa onde se encontra a pedra, os pés nunca são colocados. Se o quadrado coincidir com um duplo, só será possível pular e mancar no quadrado da junta.
  • No caso de ter um quadrado em forma de semicírculo, é permitido descansar com os dois pés.

Última atualização 2020- 27/12 / Links de afiliados / Imagens de API para afiliados.