O único filho tem problemas para compartilhar, o mais velho é mandão, o bebê sempre consegue o que quer e o filho do meio fica bem preso no meio. Esses são simplesmente estereótipos ou há alguma verdade nas diferenças de ordem de nascimento? A ordem de nascimento explica apenas uma pequena parte de quem somos, mas as mudanças de personalidade definitivamente existem entre irmãos.

São os papéis que os irmãos adotam que levam a diferenças de comportamento. Os pais tendem a reforçar esses papéis, percebendo ou não. Aqui, explicamos como entender as diferenças de personalidade entre um filho único, o mais velho, o mais novo ou o meio.

Características do filho mais velho

Como os primogênitos seguem o exemplo de seus pais, eles gostam de se tornar cobrar e geralmente têm muita confiança. Eles não têm irmãos mais velhos que zombam deles quando aprendem a amarrar os sapatos ou andar de bicicleta. Os adultos os levam a sério, e isso aumenta sua confiança.

É fácil para um primogênito ambicioso tornar-se perfeccionista; Afinal, eles vêem adultos colorindo dentro das linhas e derramando leite sem derramar. Esses traços perfeccionistas da criança mais velha também significam que o primogênito pode ter dificuldade em admitir quando está errado.

Ser pai do irmão mais velho

Os pais costumam ver os filhos primogênitos como modelos para os filhos mais novos, algo que causa pressão sobre as crianças mais velhas, gerando estresse. Assim como você deseja dar mais responsabilidade a uma criança mais velha, também lhe concede mais privilégios, como dormir um pouco mais tarde.

Características do filho do meio

Os filhos do meio são diferentes dos filhos mais velhos. Uma vez que o primogênito desempenha um papel, o segundo procura um papel completamente oposto. Por causa disso, eles são mais difíceis de rotular, uma vez que as personalidades do filho do meio emergem em resposta à forma como percebem o próximo irmão mais velho da família. Se o irmão mais velho agrada os pais, o filho do meio pode se rebelar para chamar atenção. As características do filho do meio são as mais difíceis de classificar, mas qualquer característica que se desenvolva tem a ver com o primogênito.

Para o filho do meio, os irmãos mais velhos têm todos os privilégios e os bebês se safam disso O que eles se tornam bons negociadores para ter o que querem. Os filhos do meio são bons, diplomáticos e comprometedores, e lidam bem com a decepção. Eles têm expectativas realistas, têm menos probabilidade de serem estragados e tendem a ser os mais independentes. Como costumam se sentir excluídos, tendem a gravitar em direção a amigos fora da família.

Criação de irmãos do meio

  • Mídia em disputas entre irmãos sem posicionar você.
  • Respeite a necessidade de ter parceiros. Crie oportunidades para ele encontrar novos amigos no parque.
  • Os primogênitos têm seus pais para si inicialmente, assim como os últimos quando seus outros irmãos crescem e saem de casa. Mas os filhos do meio sempre têm que compartilhar a atenção dos pais. Reserve um tempo extra para que seu filho do meio se sinta especial.

 diferenças entre irmãos

Características do filho mais novo

Eles têm menos responsabilidade, de modo que as características dos filhos mais novos tendem a ser despreocupadas, amantes de divertido, carinhoso e sociável, e gostam de fazer as pessoas rirem. Mas ser o mais novo não é tudo cor de rosa. Como os recém-nascidos vêem seus irmãos mais velhos como maiores, mais rápidos e inteligentes, eles podem tentar se diferenciar sendo mais rebeldes.

Criando o irmãozinho

  • Algumas crianças pequenas sentem que não são levadas a sério , permite que eles tomem decisões familiares que possam tomar de acordo com a idade.
  • Reconheça suas primeiras vezes e elogie suas realizações.
  • Atribua responsabilidades ao filho mais novo, mesmo que ele esteja apenas colocando guardanapos em uma mesa. Não pense que é sempre "pequeno demais" fazer as coisas certas.