Patinar é uma das atividades que as crianças mais gostam. Além de ser muito divertido, é um exercício que testa suas habilidades e os encoraja a estabelecer metas cada vez mais altas, o que é altamente motivador. Também, É um esporte ideal para qualquer estação já que é possível patinar em um parque durante o verão e também em uma pista de gelo no inverno. Porém, o que muitos pais não sabem é que além de ser um esporte divertido, também traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento dos pequenos em casa.

Quais os benefícios que a patinação traz para as crianças?

A patinação é muito mais do que um exercício para consumir energia, também ajuda a desenvolver algumas habilidades físicas, além de melhorar a estabilidade emocional das crianças. De fato, não são poucos os pais que incentivam seus filhos a praticar este esporte para incentivá-los a se manterem ativos e entretidos. Estes são alguns dos seus melhores benefícios para as crianças.

1. É uma excelente atividade aeróbica

A patinação é uma excelente atividade aeróbica que ativa o metabolismo, contribuindo para a queima do excesso de gordura. Daí é um bom aliado para manter o sobrepeso e a obesidade sob controle. Além disso, contribui para melhorar a função cardíaca, estimulando a capacidade pulmonar das crianças.

2. Construa seus músculos

patinar também É um bom esporte para trabalhar e fortalecer os músculos do corpo, especialmente as das pernas que se encarregam de realizar a maioria dos movimentos. No entanto, também contribui para o desenvolvimento dos músculos das extremidades e do tronco, que fazem parte das manobras.

3. Melhora a coordenação e o equilíbrio

andar de patins É um bom exercício para testar a coordenação dos mais pequenos em casa e incentivá-los a melhorar o seu equilíbrio. de uma forma divertida. Isso porque andar sobre rodas exige o movimento coordenado de várias áreas do corpo, além de um bom equilíbrio para não cair.

4. Treine a atenção e melhore a concentração

Para patinar, não é necessário apenas aprender a técnica, mas também exige muita concentração, principalmente no início. O que acontece é que, enquanto as crianças andam de skate, elas devem focar sua atenção nessa atividade para conseguir realizar todos os movimentos necessários, um exercício que os ajuda a estar totalmente presentes e focados em uma única atividade.

5. Ajuda a relaxar a mente

patinar também É um bom exercício para relaxar a mente e liberar a tensão. Ao patinar, o cérebro das crianças não só elimina o excesso de cortisol, responsável pelo estresse do dia a dia, como também libera endorfinas, o hormônio da felicidade, que faz com que elas se sintam bem não só fisicamente, mas também emocionalmente. Desta maneira, este exercício pode contribuir para o seu bem-estar e equilíbrio emocional.

6. Promove relacionamentos sociais

Andar sobre rodas também pode ajudar as crianças a conhecer outros colegas e fazer novos amigos. De fato, É uma excelente atividade para as crianças se socializarem em seu ambiente e perder o medo de conhecer outras pessoas. Se, além disso, forem incentivados a frequentar aulas de patinação, pode ser uma boa oportunidade para ensiná-los a trabalhar em equipe.

7. Melhora a autoestima

Colocar-se à prova na patinação e melhorar gradativamente sua técnica pode se tornar um excelente motivo para as crianças ganharem autoconfiança e reforçarem sua autoestima desde cedo. Dessa forma, eles não apenas se sentirão melhor consigo mesmos, mas também aprenderão a se valorizar como pessoas independentes e se sentirão mais seguros.

Quando as crianças estão prontas para começar a patinar?

A partir dos 4 anos, aproximadamente, as crianças já têm estabilidade e habilidades básicas para andar sobre rodas. No entanto, como ele ainda não tem grande equilíbrio e coordenação, é recomendável começar com patins de quatro rodas duplas. No início é aconselhável começar com objetivos pouco ambiciosos para evitar que os pequenos se frustrem e percam o interesse. Nesses casos, recorrer aos jogos como recurso pode ser uma boa opção.

À medida que as crianças ganham estabilidade e habilidades, elas estarão preparadas para enfrentar desafios mais complexos. Como fazê-los mudar de direção, patinar com obstáculos ou até inscrevê-los em uma corrida de patinação. Se você perceber que eles estão interessados ​​neste esporte, você pode dar um passo adiante e inscrevê-los em aulas de patinação para aprender algumas posições de patinação artística na calçada ou no gelo.

Patinar sim, mas com segurança

A patinação é um esporte muito legal e divertido, mas também traz alguns riscos. Portanto, se os pequenos demonstrarem interesse em praticá-la, o ideal é que você se certifique de que eles tenham todas as medidas de segurança possíveis para evitar possíveis acidentes. Aqui estão algumas medidas básicas a ter em conta:

  1. Use sempre um capacete especial, de preferência homologado, certificando-se de que fica bem ajustado à cabeça para evitar ferir-se em caso de queda.
  2. Recorra ao uso de joelheiras e cotoveleiras para proteger as articulações das crianças em quedas.
  3. Embora não seja imprescindível, recomenda-se o uso de munhequeiras para evitar possíveis fraturas ou luxações do punho.
  4. Aposte em roupas confortáveis ​​e soltinhas, mas resistentes o suficiente para proteger as crianças em caso de quedas.
  5. Pratique sempre que possível em espaços preparados para isso. Na maioria das cidades é possível encontrar pistas de patinação com horários para crianças. Se não tiver acesso a nenhum destes espaços, escolha uma zona segura, longe do trânsito, onde possa patinar em segurança.
  6. Evite superfícies irregulares, com areia, pedras ou galhos que possam atrapalhar a carreira dos pequenos e causar acidentes inesperados.
  7. Principalmente no início, é aconselhável acompanhar os pequenos pela mão até que eles ganhem estabilidade e consigam ficar de pé sozinhos.