Parteira Profissional Certificada


O hormônio da gonadotrofina coriônica humana (HCG ou HCG), também conhecido como hormônio da gravidez, é produzido durante a gravidez. É normal que a glândula pituitária produza esse hormônio em pequenas quantidades. Mas durante a gravidez, os níveis aumentam significativamente para produzir a placenta.

A principal função do HCG durante as primeiras semanas de gravidez é manter o corpo lúteo (também conhecido como corpo amarelo), que é uma glândula pequena que se desenvolve no ovário e secreta estrogênio e progesterona. Esses dois hormônios enriquecem o útero com uma camada espessa de vasos sangüíneos e capilares para que ele possa suportar o crescimento do feto.

A manutenção do corpo lúteo é necessária para que o corpo da mãe não rejeite a placenta, ou seja, é imprescindível para uma gravidez bem sucedida.

Uma vez que a fertilização ocorre, a HCG pode ser detectada na corrente sanguínea e na urina por meio de um teste de gravidez caseiro ou por um exame de sangue.

O exame de sangue pode detectar a presença de HCG aos 11 dias de concepção. Em vez disso, o teste de urina pode ser feito 12 a 14 dias após a fertilização.

Em geral, os níveis de HCG duplicam a cada 72 horas durante as primeiras 8 a 11 semanas de gestação. Então eles baixam e estabilizam pelo resto da gravidez.

Níveis de HCG durante a gravidez (em semanas desde a última menstruação)

Tempo de gravidez Gamas
3 semanas 5 a 50 mUi / ml
4 semanas 5 a 426 mUi / ml
5 semanas 18 a 7,340 mUi / ml
6 semanas 1,080 a 56,500 mUi / ml
7 a 8 semanas 7,650 a 229,000 mUi / ml
9 a 12 semanas 25.700 a 288.000 mUi / ml
13 a 16 semanas 13.300 a 254.000 mUi / ml
17 a 24 semanas 4.060 a 165.400 mUi / ml
] 25 a 40 semanas 3.640 a 117.000 mUi / ml

Revisado em março de 2017