Pediatra e especialista em vacinas


Existem dois tipos de vacinas contra influenza:

  • A vacina contra a gripe injetável (com agulha) que é feita a partir de vírus mortos (inativos). Esta é a vacina recomendada para mulheres grávidas
  • A vacina nasal (aerossol) que é feita com vírus vivos, mas enfraquecidos, não deve ser administrada a mulheres grávidas. Este tipo de vacina não está sendo recomendado para a temporada de gripe de 2016 a 2017 uma vez que não é eficaz na prevenção da doença.
    A vacina da gripe é segura, no entanto, algumas pessoas têm medo de colocá-la porque acham que podem contrair a gripe ou alguma outra doença. O que acontece é que, geralmente, as vacinas contra a gripe são administradas durante o inverno, quando diferentes vírus do resfriado comum e até da própria gripe são comuns. Portanto, a probabilidade de adoecer já é muito alta.

    As pessoas pensam erroneamente que a vacina pode deixá-las doentes, mas o oposto é verdadeiro. A vacina contra gripe ajuda a prevenir infecções e até salvar vidas.

    Em vários países, a maioria das agências governamentais de saúde recomendam a vacinação contra influenza a mulheres grávidas. Apesar disso, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos indicam que apenas cerca de 50% das mulheres grávidas receberam a vacina contra a gripe na temporada 2014-2015.

    Lembre-se de que você pode pedir ao seu médico que lhe dê uma vacina contra a gripe em uma de suas consultas de pré-natal.

    Leia mais sobre os benefícios da vacina contra a gripe ou da gripe sazonal durante a gravidez.

Revisado em setembro de 2016