Quantas vezes você já pensou que quer que seus filhos cresçam e fiquem mais velhos para não ficar tão cansada o tempo todo ou pelo menos, para ter mais tempo para você? É verdade que ser mãe e também ter tantas responsabilidades no dia a dia é cansativo… mas uma coisa queremos te dizer: aproveite. Aproveite o momento presente porque é o único que importa e Uma coisa podemos garantir: acaba.

acabou… acabou

Chega uma hora na maternidade que você percebe que acabou aquelas ligações de madrugada, compartilhando tudo que te acontece a cada momento, acabou… contato físico acaba e também não ligam mais para qualquer descoberta que façam no mundo!

Tudo isso acaba, como também acaba cobrindo-os todas as noites antes de dormir, cantando para eles no colo na cama, beijos com ranho no rosto, abraços molhados depois do banho… e é que não, você nunca mais vai ser amado com aquela intensidade, nem daquele jeito.

Chega de pular na cama ou as corridas nos corredores da casa, as tardes frias ou quentes no parque, ou secar o cabelo molhado com o secador enquanto canta uma música para que o barulho do aparelho não o incomode muito.

De manhã cedo para ir à escola ou correr para deixar tudo pronto e não se atrasar, eles também acabaram. As longas noites, os abraços entre ela chorando porque teve um pesadelo, contando uma história ou rindo antes de dormir… também acabam.

Um amor intenso que parece acabar

O amor que os filhos têm pelos pais é tão intenso que às vezes você pode sentir isso sufocando você. Mas você deve se lembrar dessa intensidade no amor que eles mostram a você; se acaba. Vai chegar um momento da sua vida que de repente você não vai ter mais aquela intensidade, eles não vão mais precisar tanto de você… e você nem vai ter percebido, porque realmente acontece muito rápido.

Quando os filhos são pequenos, eles adoram seus pais, não importa quais defeitos possam ter. Mas isso acaba. Eles crescem e a necessidade de viver novas experiências também cresce dentro deles. longe do núcleo familiar. Cresce a necessidade de fortalecer sua identidade, de conhecer novas histórias e de que suas asas comecem a voar.

É saudável porque é a lei da vida. Sim, é verdade que como mães é importante ensiná-los a voar… quando o fazem, o sentimento é contraditório, deixa um gosto amargo na boca. Sabemos que fizemos bem, mas tudo o que nos cansou mas ao mesmo tempo encheu o nosso coração: termina.

saudades quando acabar

Quando isso acontece, você sente uma imensa sensação de vazio que se combina com a sensação de missão cumprida. No momento em que tudo que nos cansava acaba, de repente sentimos falta dele. Sentimos falta de aplaudir cada conquista, daqueles abraços noturnos, daquelas mãozinhas que seguram as pernas para nos sentirmos seguros.

Sentimos orgulho de ter conseguido que nossos pequenos tenham autonomia, mas inadvertidamente, sentimos o gosto amargo da saudade. O passado faz falta porque as crianças não são crianças para sempre, e é no momento da saudade quando você percebe.

Então, se agora você tem aquele amor intenso, tão pertinho… do seu lado te chamando de mãe, aproveite! Aproveite essas belas fases por mais cansativos que sejam os dias. Aproveite o presente, mesmo quando estiver sob muito estresse porque uma coisa te garantimos: tudo isso vai passar e você nunca mais será amado com tanta intensidade.