Dizem que a alma nunca envelhece e esta avó deixou-nos claro que não há limites para viver sonhos e viajar para o desconhecido.

Sem pressão, Josefa Fitosa, idosa brasileira ele mudou sua casa para viajar e assim por diante conheça lugares incríveis e mergulhe em todas as culturas que abrigam o mundo. É um sonho que ele buscava realizar desde muito jovem porque sua rotina do dia-a-dia o entediava.

Segundo a BBC Brasil, Josefa deixou sua vida para trás depois de se dedicar por anos ao lar e ao trabalho como assistente social no Sistema Penitenciário do Ceará, no Brasil. Um trabalho que, segundo suas palavras, era rotineiro, chato e absorvia a maior parte de sua vida, deixando-a sem tempo para si mesma e para seus próprios sonhos e projetos. Quando ela finalmente parou de trabalhar, sua família achou que ela teria tempo para passar os dias em casa e cuidar dos netos. No entanto, para sua surpresa, vovó vendeu sua casaseus móveis, seus pertences mais valiosos e acrescentou os ganhos à sua pensão para realizar seu sonho de viajar pelo mundo.

Dona Feitosa disse que se orgulha dos três filhos, a quem dedicou todo o seu tempo como mãe, mas os netos já estão a cargo deles. “Vovó não deve criar netos” disse à mídia local.

Lillith, uma de suas filhas, inicialmente ficou irritada com a decisão de sua mãe de se ausentar da vida familiar; mas depois acabou aceitando o desejo de explorar outros países e entendeu que, como todo mundo, tem o direito de viver sua vida como bem entender, porque ninguém é obrigado a fazer nada.

“Existe uma vida fora da caixinha que chamam de lar e eu não me tornei avó só para cuidar dos meus netos. Eu os amo e eles são meu tesouro, mas a família deve saber respeitar a privacidade dos avós e não exigir que cuidem ou criem os netos” disse Josefa.

Suas declarações causaram muito debate nas redes sociais; enquanto um grupo de pessoas apóia a decisão que ela tomou e admira a coragem e autonomia de dona Josefa, outras pessoas a rotulam como egoísta, irresponsável e até mesmo uma avó ruim.

Recomendamos que você leia: O verdadeiro papel dos avós na vida de seus filhos

ELA SE TORNOU UMA INFLUENCIADORA VIAJANTE

Após sua polêmica decisão, Josefa ou “Jo” como a conhecem agora, abriu uma conta no Instagram onde ela diz a ela quase 23 mil seguidoressuas aventuras pelo mundo. Ela diz que quer inspirar outras pessoas a viverem seus sonhos e, acima de tudo, idosos que têm medo de viajar ou que abandonaram seus sonhos por motivos familiares. “Jo” quer lembrá-los que a vida existe para ser vivida e não para ser passada trancada em casa, com mais obrigações e responsabilidades.

Depois de alguns anos, Josefa conseguiu viajar para quase 40 países entre Europa, Ásia e África, e gostaria de continuar sua jornada para a América do Sul.